((º·.¸(¨*·.¸*Pumpkin Juice* ¸.·*¨)¸.·º ))


*Jogo do não vivo sem*

Esse eu recebi por email. Lá vão as 10 coisas que eu não vivo sem:

1- minha família (Isa, Marido Antonio, minha mãe e Zamin)

2- meu carro

3- minha cama

4- TV por assinatura

5- internet (de preferência banda larga...risos)

6- salto alto

7- perfume (Acqua Fresca e Giovanna Baby de dia e Flower by Kenzo, Oceam Dreams by Giorgio Beverly Hills e Any Any pra noite)

8- minha bolsa Louis Vuitton (como eu vivia antes de ganhar???)

9- dança do ventre

10- telefone (fixo e celular, se bem que o celular de vez em quando enche o saco...)

Selecionei as 10 mais, porque o jogo é assim, mas na verdade tem um monte de outras coisas sem as quais não vivo sem: meus amigos, meus livros (principalmente os sobre Egito, Cleópatra, mitologia e bruxaria), ir pro Fórum (por incrível que pareça, eu gosto muuuuuuito!!!), jóias (aliança e aparadores, anel, corrente com o pingente da Isa, piercing e brincos... não tiro nem pra tomar banho!), cartão de crédito, meu cabelereiro, minha manicure, óculos de sol, máquina digital, minha agenda, comprar meinhas pra Isa (eu gosto, ué?!), shampoo e condicionador Vitamino Color, da L´oreal, Hidratante de Erva Doce da Natura, Óleo Séve, leite desnatado, pastilha Valda, pão integral da Nutrella (tem vários sabores, um melhor que o outro) com requeijão, ... e por aí vai....

Depois a Isa vem colocar os 10 mais dela...=)



Escrito por Endora* às 19h45
[ ]


*IMPORTANTE!!!*

Além de ser o mêsversário de 7 meses, hoje a Isadora engatinhou pela primeira vez!!! Já coloquei a foto no Fotoblog!!

Pra comemorar, vou colocar um texto que eu li no site da Johnson´s,que faz tempo que eu queria postar...

"No começo, é apenas uma palavra. Uma pequena pessoa de alguns milímetros protegida no escurinho aconchegante do útero.

Mas um dia, de repente, vocês seguram aquela criança nas mãos. E sentem a mais maravilhosa de todas as sensações quando olham dentro dos olhos de seu filho recém-nascido.

Tudo mudou.
Agora vocês são pais.

Aqui ou a milhares de quilômetros de distância, no telefone, de mãos dadas ou sentado nos seus ombros.

Depois de uma reunião, no começo e no fim do dia, agora e para sempre, vocês são mamãe e papai.

Seus filhos chegaram e mudaram a vida de vocês para sempre.

Seus corações, que costumavam bater ansiosos por viagens, cinema e uma boa festa, agora batem duas vezes mais rápido cada vez que vocês olham para o seu filho recém-nascido.

A vida mudou vocês muitas vezes, mas nenhuma de maneira tão surpreendente quanto agora.

Vocês se vêem repetindo as palavras de seus pais, colocando ordem nas coisas e sonhando em dar um futuro próspero para alguém que ainda não deu seu primeiro passo. Alguém que ainda não falou suas primeiras palavras e tem apenas dois pequeninos dentes.

Vocês trocam seus antigos amigos por novos que sempre sorriem para vocês, mesmo quando vocês contam uma piada sem graça.

Tudo é novo.
O banheiro fica cheio de brinquedos, vocês trocam o jornal das oito pelos contos de fadas e histórias infantis.

E aí estão vocês, as pessoas mais felizes do mundo com o novo rumo que suas vidas tomaram.

Nada muda o mundo tão profundamente quanto os filhos.(...)

Porque o mundo sempre surpreendeu com novas invenções e descobertas, mas nada vai surpreender ou tocar os corações tão profundamente como os filhos.

Sem fazer um esforço muito grande, os filhos nos ajudam a entender os pequenos e os grandes mistérios de todo e cada dia. (...)

Porque ter um filho muda tudo".

Realmente, ter um filho muda tudo...a começar pela sua casa...risos

Brincadeiras à parte, é verdade! Só quem é pai ou mãe entende perfeitamente esse texto... Estou tão feliz porque a minha fadinha engatinhou... pode parecer uma bobagem, mas o foco da nossa vida muda completamente... Como uma amiga minha diz: não tem nada que se compare a ter um filho... nem casar, nem se formar, nem trocar de carro, nem ser promovido, nem comprar "aquilo" que você sempre sonhou...

Ter um filho é simplesmente.... divino!!!=)

Boa semana!!!



Escrito por Endora* às 18h26
[ ]


*Eterna Adolescência*

Será que adolescência é uma época da vida ou um estado de espírito? Pergunto isso, porque juro que às vezes tenho certeza que o Marido Antonio tem 18 anos de idade!

Ele é apaixonado pelo carro. Tá, até aí tudo bem, a grande maioria dos homens é. Só que fim de semana pra ele é sinônimo de carro. É um tal de lava, encera, aspira... o carro dele!!! Sem falar no "up grade".

Primeiro ele me aparece com as maçanetas e os frisos laterais trocados. Tá, ficou legal. Depois as lanterninhas da seta (quem repara nisso?). Aí veio a troca do insulfilme. Não contente, ele trocou as quatro rodas e os quatro pneus. Se precisava? Absolutamente NÃO!!! As rodas são caríssimas (quase tive um troço quando ele falou o preço), e como eram de outro aro, tinha que trocar os pneus também...

Ai, vou eu, trabalhar com o carro dele, porque o meu tava na revisão. Paro no estacionamento de sempre, que faz uns 7 anos que estaciono ali. Desço do carro e os manobristas todos: "Aí, a Dra. de carro de boy!!!". Quase morri!!!!

Isso sem falar do som. É CD, disqueteira, twiter, speakers, sei lá mais o que... tentei argumentar: se roubarem o carro, o seguro não paga esta porcariada toda... adiantou? Não!

Não adianta. Pra mim isso é coisa de moleque, adolescente. O pior é que o meu carro necessita trocar os pneus. Isso, porque tínhamos combinado trocar os pneus do meu carro primeiro e depois as rodas do dele... Mas tudo bem, eu posso esperar. Afinal emperequetar o Vectra é mais importante.

E eu ainda cutuco, pra ver se ele se toca: "Você não liga pro meu carro, pode desmontar que você não tá nem aí. Isso porque é um Classe A, se eu estivesse com o Corsa então, ele já tinha morrido pra todo sempre amém!"

E ele não se toca. Igual adolescente.



Escrito por Endora* às 18h12
[ ]


*Divagações*

Hoje foi dia de levar a Isadora na pediatra. Não bastasse o temporal (ou tornado?!) da madrugada (que aliás merece um post à parte!), a chuva o dia todo, ficamos só uma hora e trinta e cinco minutos (porque a mãe do bebê antes da Isa desistiu e foi embora) esperando para sermos finalmente atendidas.

A Isa já estava chata, porque afinal, esperar das 14,30 às 16,05hs não é mole, ainda mais pra bebê... Só não procuro outra pediatra, porque apesar do tempo da espera, a Dra. Cláudia é maravilhosa!

Bom, enfim, a consulta: a Isa cresceu mais do que engordou esse mês (notei pelo monte de roupas que ela perdeu... praticamente ela pulou o M, passou do P direto pro G!), mas tudo dentro da normalidade. O cardápio continua praticamente o mesmo, com algumas novidades: podemos alternar o Nestogeno com o Ninho, acrescentar Farinha Láctea nas frutas, que estão todas liberadas, exceto uva, abacaxi e morango; a carne e o frango não precisam mais serem passados no liquidificador: a carne pode ser moída e o frango desfiado, e também podemos usar na papinha gema de ovo à partir de agora; também está liberado o iogurte natural, que pode ser com frutas...

A parte motora dela continua precoce, já que ela se levanta sozinha e fica de pé no berço e no cercadinho, ensaia passinhos e ameaça engatinhar (por enquanto só ameaça...); aliás, ela só quer saber de ficar de pé!!!!

Quanto à gripe, ela já está melhor, mas ainda continua com as inalações e o Decongex Plus por mais alguns dias, pois o nariz ainda escorre e tem uma tossinha insistente!

Levamos pra Dra. Cláudia uma foto (linda!) que ela tinha pedido mês passado, para colocar no mural dos pacientes... agora preciso levar a foto lá pro HC de Ribeirão, pra ir pro mural de bebês deles...=)

Ontem fui visitar a Lu, minha amiga de adolescência, que está aqui na casa da mãe dela. Ela teve a segunda filha sábado, a Júlia, um "pacotinho" liiiiindo!!!!=)

Que saudade de quando a minha fadinha era recém nascida... Acho que não aproveitei nada aqueles momentos, principalmente por causa dos problemas que nós tivemos com a amamentação... Eu ficava tão triste, tão desesperada porque a Isa não queria mamar no peito, que deixei esse período passar por mim... eu só pensava que a Isa não mamava e chorava por causa disso, porque achava que a Isadora não ia me amar... Coisas de mãe de primeira viagem... Hoje vejo que era tudo besteira!

Como o Marido Antonio diz, ela estava na minha barriga, saiu de mim, nosso amor é visceral, incondicional e recíproco.....

Nossa, falando assim, até dá frio na barriga, de tanto que eu amo a minha filha....risos.. Ixi, quando começo a falar dela viajo na maionese, divago mesmo...;)

Ah, coloquei novos links no Pumpkin Blogs. Se o seu não estiver lá, me avise que eu coloco....

Pra encerrar o post, um lindo verso de mãe coruja:

"Todo tesouro da terra,

mesmo o sol, que tanto brilha,

não tem a graça que encerra

o riso de minha filha”.

(Carlyle Martins)

Bom Feriadão!!!



Escrito por Endora* às 20h27
[ ]


*Retorno da Isa*

Ufa! Voltei para contar as novidades...

Bom, estou resfriada, com o nariz escorrendo e agora uma tosse super chata... A mamãe e o papai me levaram no Vera Cruz, e o tio pediatra mandou eu fazer inalação e tomar um remedinho...

Esse negócio de inalação eu não gostei não!!!! A mamãe ficou me segurando e o papai botou um troço que solta fumaça na minha cara! Gritei, berrei e esperneei... mas não adiantou, tive que aguentar uns 5 ou 10 minutos com aquilo...

O pior é que eu ouvi a mamãe falando que tem que fazer isso duas vezes por dia, durante 5 dias pra melhorar.... Porcaria!!!

Ontem foi o aniversário de 3 anos da Luana. Estava liiiindo! A festa foi da Barbie, com uma mesa repleta de Barbies Princesas, junto do bolo... Fiquei encantada!

Todo mundo sabe que eu adoro uma festa, então, mesmo doentinha, fiz a maior folia! Já coloquei as fotos lá no Fotoblog!!

Quarta feira eu vou na Tia Cláudia, pediatra, e daí ou eu ou a mamãe postamos mais...

Boa semana!!!

EDIÇÃO DO POST (23/05/05): Não choro mais pra fazer inalação! Já que não tem jeito... Fico quietinha, brincando ou assistindo TV, enquanto sai aquela fumacinha no meu nariz...Até que não é tão ruim... a minha tosse já melhorou... então, melhor me acostumar, né? =)



Escrito por Isadora* às 16h08
[ ]


*Momentos*


Eu tenho duas manias: comprar sapato (sem explicação, eu gosto e pronto!) e livros. Tem gente que simplesmente gosta de ler, eu gosto de comprar. Explico porquê. Descobri que certos livros, dependendo do momento da nossa vida, entendemos de forma diferente...

Foi assim com As Brumas de Avalon, que eu amo de paixão. Já li 3 vezes e cada vez eu entendo a história de uma forma nova, descubro um detalhe que não tinha prestado atenção, uma frase marcante que eu não tinha notado... E com os livros sobre bebês não podia ser diferente!

Eu tenho o hábito de ler vários livros, sobre vários assuntos ao mesmo tempo, pra não enjoar...risos. Ontem, peguei Os segredos de uma Encantadora de Bebês.
A primeira vez que o li, foi logo que a Isa nasceu. Eu estava naquele turbilhão de emoções e acontecimentos, desesperada por um "manual de instruções" para entender a Isadora... A segunda vez, ela tinha por volta de 3 meses, e eu, já adaptada, li com mais tranquilidade, e agora releio mais uma vez, com outros olhos...

Mais engraçado ainda foi refazer o teste do tipo do bebê. A Isa passou de bebê irritável, quando nasceu, a bebê enérgico quando tinha 3 meses, transformando-se em bebê anjo, agora! Mas será que foi ela mesma quem mudou, ou fui eu? Acho que fui eu....

Com isso, a conclusão óbvia: mudamos diariamente nosso modo de ver o mundo, e essa é a melhor coisa que pode nos acontecer!!!



Escrito por Endora* às 09h03
[ ]


*Guinorança ou cultura de massa?*


Oi, amigas! Obrigada pelo carinho de todas... em todo lugar encontramos "tipinhos", e na net não podia ser diferente... mas nem ligo pras pessoas que vem escrever abobrinhas... Não vou colocar senha no blog, porque sei que muita gente legal acha a página por acaso, ou por eu estar linkada em outro blog, e isso é muito legal=) Como eu disse, o blog é meu, eu escrevo o que quiser, quem não tá contente, fecha!!!


Aliás, é tão engraçado... a manézona que entra aqui pra me encher o saco quer dar moral, falar que a minha historinha é sem graça e o diabo a quatro, mas é uma puta ignorante... primeiro vem me chamar de bruxa (dãããããã.... só ela não sabe que eu sou...). Depois fica me chamando de "Pandora", como se fosse ofensa... Juro que às vezes fico com vergonha de ter um pouco de cultura numa sociedade onde as pessoas acham o máximo ver novelas medíocres e pessoas lavando roupa suja em programas de auditório... Não, não sou mais do que ninguém, só não me entrego à tão falada cultura de massa, leio livros e me interesso por assuntos que não passam na TV aberta, além, de claro, ficar com a minha boca fechada, quando não entendo do assunto que estiver em pauta. Nessa "cultura de massa", Pandora nada mais é do que um feto de uma vampira, numa novelinha mixuruca da Globo, o que é, no mínimo, uma heresia...


Pandora é a deusa da ressurreição, na mitologia grega. Um rápido resumo: Para castigar o homem, Zeus ordenou a Hefesto (Vulcano) que modelasse uma mulher semelhante às deusas imortais e que tivesse vários dons. Atena (Minerva) ensinou-lhe a arte da tecelagem, Afrodite (Vênus) deu-lha a beleza e o desejo indomável, Hermes (Mercúrio) encheu-lhe o coração de artimanhas, imprudência, ardis, fingimento e cinismo, as Graças embelezaram-na com lindíssimos colares de ouro... Zeus enviou Pandora como presente a Epimeteu, o qual, esquecendo-se da recomendação de Prometeu, seu irmão, de que nunca recebesse um presente de Zeus, o aceitou. Quando Pandora, por curiosidade, abriu uma caixa que trouxera do Olimpo como presente de casamento ao marido, dela fugiram todas as calamidades e desgraças que até hoje atormentam os homens. Pandora ainda tentou fechar a caixa, mas era tarde demais: ela estava vazia, com a exceção da "esperança" que permaneceu presa junto à borda da caixa.


Pois é... antes de dar esse assunto da "guinorante" por encerrado, só um recadinho básico pra ela: quando você tiver cultura o suficiente pra conversar comigo e coragem o bastante pra deixar seu email, Manézona, você escreve um comentário. Agora, como acho que isso não vai acontecer, é bom você achar outra pessoa pra encher o saco, já que estou providenciando um sistema que identifica o IP (se você não sabe o que é, eu explico: é o número do computador) de quem está comentando, porque falar besteira de forma anônima é coisa de gente estúpida, covarde e recalcada...


Bom, agora voltando ao normal. Esse mês atrasou a consulta na pediatra, por isso ainda não atualizei o crescimento da Isadora, mas a novidade foi o cardápio: ela começou com o Nan2, mas não gostou, começou a vomitar, não querer mamar, aí liguei pra Dra. Cláudia e ela instruiu a trocar para o Nestogeno 2, que é a mesma coisa que o Nan, só que o sabor é outro. Realmente, é uma delícia! Agora ela está mamando muito! Come uma pratada e Nestogeno em cima...risos


A Isa está cada dia mais linda e esperta, "falando", "cantando", a gente morre de rir... Ela está ficando impossível! Agora, se está sentada no berço, ou no cercadinho, segura as grades com as duas mãozinhas e fica de pé! É muito cedo pra isso!!! Mas quem segura a Isadora???


Desculpem não estar atualizando o blog e o Fotoblog constantemente, mas estou segurando por causa da tendinite.... De qualquer forma, tem mais duas fotos da Isa lá.... Boa semana!!!



Escrito por Endora* às 19h06
[ ]


*Traduzindo*


Em consideração às pessoas educadas que não entenderam o conto de fadas lá vai à tradução:


Uma moça e um rapaz se apaixonaram e decidiram casar. A mãe dela é uma megera, e ficava fazendo a cabeça do filho contra a noiva.


O casamento foi lindo, mas ainda na festa, ele, já envenenado pelas conversas da mãe, achou que a noiva estava muito saidinha e não gostou.


Menos de uma semana depois, ele foi embora de casa, a noiva voltou pra casa dos pais, se entupiu de antidepressivos, começou a seguí-lo, dar escândalo na frente de casa, e ele entrou com uma medida cautelar contra ela, alegando que ela tinha distúrbios psiquiátricos graves.


Ela me procurou, para defendê-la. O melhor seria um acordo e encerrar o processo, mas ela insiste que quer consumar o casamento (ele não levou a certidão da igreja no cartório), porque a "mãe dela quer", mas na verdade ela tem esperanças de reatar o casamento, mesmo depois de toda a vergonha e humilhação que ele está fazendo-a passar.


Ela não segue as minhas orientações, liga pra ele, pra família, assina documentos sem me consultar, continua se entupindo de antidepressivos, faz um monte de bobagens, em nome de seu "desespero"....


Então, decidi não patrocinar a sua causa, pois é um caso perdido, mas ela não entende o motivo.


Este é um caso verídico, que contei como conto de fadas pra ficar "mais bonitinho", já que não tem nada de bonito na vida real.


No entanto, tem gente que insiste em entrar aqui pra encher o saco, fala que minha história não interessa, etc, então, é simples: NÃO VOLTE MAIS!!!! O BLOG É MEU E EU ESCREVO O QUE QUISER. NÃO TÁ CONTENTE? FECHA!!!!


Portanto, peço que pessoas que entrem no meu blog com o intuito de me criticar ou falar merda, que não deixem mensagens, pois essas serão deletadas. Esse é um lugar pra eu receber meus amigos reais e virtuais, para que saibam e acompanhem um pouco mais a minha vida e a da minha filha e a última coisa que precisamos são comentários que venham, literalmente, nos encher o saco.

EDIÇÃO DO POST: Os comentários, temporariamente, serão previamente aprovados, mas no final de semana, já estará no ar um novo sistema que IDENTIFICA O IP de quem comenta, e se eu quiser, o bloqueia... Amanhã atualizo o blog...=)



Escrito por Endora* às 17h42
[ ] [ ]


*CONTO DE FADAS*

Era uma vez uma princesa e um príncipe. Eles se conheceram por acaso, numa campina verde e florida e se apaixonaram. Logo, resolveram se casar.

Foi uma cerimônia linda, com a capela toda florida, os camponeses todos entusiasmadíssimos, afinal, sua princesa iria casar! O rei ofereceu um banquete aos convidados, e todos estavam muito felizes.

Acontece que a mãe do príncipe era uma rainha muito má, que colocou no vinho do filho uma poção para que ele desgostasse da princesa, e este, ainda no banquete, começou a achar que a noiva estava dançando demais, aparecendo demais, feliz demais.

Os nubentes foram para o seu palácio, para as núpcias, mas a poção continuou a fazer efeito, e logo o príncipe foi embora, deixando a princesa desolada. Esta, sem saber o que fazer, voltou para o castelo dos seus pais, desesperada. Ficou doente, começou a tomar fortes remédios, sem noção ter do que fazer, como agir.

O príncipe, ainda enfeitiçado, rasgou o papel que consumaria o casamento e entrou com um pedido pro general, para que a princesa não entrasse mais no palácio, pois estava doida.

E ela, desnorteada, fazia uma bobagem atrás da outra, mandando-lhe cartas e mensagens, tentando entrar no palácio, atormentando os pais e súditos.

Ela encontrou uma pessoa que poderia defender seus interesses, já que o príncipe tinha feito um pedido por escrito, mas não queria ouvir os conselhos da sábia, e queria falar com o bispo para que fosse redigido outro documento, que consumasse o casamento, falando que esse era o desejo da rainha, que não queria uma filha desonrada.

Só que a sábia, percebeu que esse era o desejo da princesa, de vingar-se do príncipe, atormentando-o, mas também porque, lá no fundo, ainda tinha esperança de reatar seu matrimônio, apesar de toda a humilhação que o príncipe lhe impôs.

Entendendo então ser um caso perdido, já que não poderia ajudar quem não quer ser ajudado, a sábia resolveu ter com a princesa, para declinar da defesa dela, mas a princesa, no auge de sua pseudo-insanidade, não compreendeu, achando que havia um motim contra ela...

E todos viveram.... nem felizes, e nem para sempre....



Escrito por Endora* às 20h28
[ ] [ ]


*O BATIZADO!*

Finalmente achei um tempinho pra contar como foi o meu batizado! Está tudo muito corrido aqui em casa, a mamãe voltou a trabalhar e por conta disso, uma coisa que chama tendinite voltou a atacá-la... ela está em tratamento, tomando remédios e fazendo fisioterapia, por isso, não pode vir escrever sempre... E todo mundo sabe que é ela quem digita pra mim...

Bom, mas vamos lá! Acordei cedo, mamei, tomei banho, mamãe colocou um vestidinho de boneca em mim, penteou o meu cabelo, prendeu com fitinha, passou um spray pra não sair do lugar (só a mamãe mesmo), e lá fomos nós pra Igreja.

Chegando lá, várias pessoas, muitas que eu ainda não conhecia, como minhas tias avós Zizi e Mirtes (irmãs do vovô Osvaldo, aquele que eu nasci no dia do aniversário dele), meu primo de segundo grau, o Carlinhos, filho da tia Zizi, minha tia avó Ana (concunhada da vovó Loli) e a minha prima de segundo grau, Maria José, meu primo de segundo grau Vivaldo, e várias outras pessoas que eu já conhecia, como meus padrinhos, meus avós, meus tios, amigos do papai e da mamãe....

Bom começou que logo no início a mamãe teve que me tirar o vestido pro homem de batina (a mamãe disse que era o Padre Busch), vir abençoar o meu peito. Fiquei bem quietinha, até na hora em que nós fomos pra um lugar que chama pia batismal. Daí a dinda Kelly me segurou e o Padre jogou água na minha cabecinha! O que foi aquilo??? Comecei a chorar, mas logo passou e quando eu olho, quem mais está chorando??? A mamãe boba!!!

Depois fui abençoada com óleo na testa, foi dada uma vela pros papais e acabou a cerimônia. Todo mundo falou que foi muito bonito! Mas eu estava com tanto sono que na hora das fotos eu estava dormindo!!!

Fomos então pro almoço, coloquei uma roupinha mais light, que logo foi tirada e fiquei só de calcinha... Almocei, passei de colo em colo, brinquei muito, a vovó Maria me colocou na balança, adorei! A mamãe vai até comprar uma pra mim!

Me diverti muito, mas no final da tarde estava acabada!!!! Mas foi muito legal, a primeira festa que eu tive!!! Agora mamãe já está pensando no meu aniversário... uma dica: vai ser da Hello Kitty!!!!=)

Já coloquei algumas fotos do batizado no  Fotoblog. Algumas porque são muitas e só podemos colcoar 5 por dia... mas aos poucos colocamos todas!!!

Boa semana!!!=)



Escrito por Isadora* às 19h11
[ ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog